<listing id="vpfj7"><meter id="vpfj7"><ins id="vpfj7"></ins></meter></listing><menuitem id="vpfj7"></menuitem>

<noframes id="vpfj7"><thead id="vpfj7"></thead>
    <track id="vpfj7"><thead id="vpfj7"></thead></track>

<dfn id="vpfj7"><dfn id="vpfj7"><i id="vpfj7"></i></dfn></dfn>
<track id="vpfj7"><thead id="vpfj7"></thead></track><meter id="vpfj7"></meter>

<sub id="vpfj7"><meter id="vpfj7"></meter></sub>

<meter id="vpfj7"></meter>

<thead id="vpfj7"></thead>
    <progress id="vpfj7"></progress>

        Centenas de novos compradores prontos para as compras do dia dos solteiros

        Fonte: Diário do Povo Online    22.10.2019 13h10

        Por He Wei traduzido por Beatriz Cunha

        Esta foto mostra uma tela em Shanghai em que as vendas no mercado online da Alibaba Tmall durante as compras anuais do dia dos solteiros atingiram 213.5 bilh?es de yuans ($30.7 bilh?es) no domingo (20), com o dia inteiro de vendas definindo uma nova alta. [Foto de Gao Erqiang/China Daily]

        Em sua transforma??o de uma data obscura para um evento ic?nico no calendário de varejo do mundo, o 11 de novembro oferece um vislumbre de como as compras, com personaliza??o de produtos e grupos diversificados de compradores, está refor?ando a segunda maior economia do mundo.

        Entrando em sua segunda década, a gala de compras deste ano, liderada pelo grupo Alibaba, deve atrair 100 milh?es de novos compradores para se espalhar através de dispositivos móveis, com análise de dados dando uma remodela??o digital na experiência de compras.

        "Nosso objetivo final é estimular a demanda de consumo e apoiar atualiza??es de estilo de vida na China através de novas marcas e produtos", disse Jiang Fan, presidente do Taobao e Tmall, principais sites de comércio eletr?nico do Alibaba.

        Numa cerim?nia de abertura em Shanghai na segunda-feira (21), Jiang disse que mais de 200,000 marcas estar?o participando da extravagancia de compras de 11 de novembro, com um milh?o de novos produtos para venda e a expectativa de que mais de 500 milh?es participem do evento de mega-compras, lan?ado pela primeira vez em 2009.

        "O dia dos solteiros, 11 de novembro, historicamente provou ser um im? de condu??o de consumo", disse Jason Yu, gerente geral de consultoria Kantar Worldpanel. é mais provável que a procura seja alimentada pela inova??o e co-cria??o, o que significa que estaríamos antecipando mais novos lan?amentos de produtos na fase de pré-vendas."

        As pré-vendas est?o prontas. Alibaba afirmou que sete marcas quebraram o recorde de 100 milh?es de yuan ($14.1 milh?es) nos primeiros dez minutos de pré-venda online. A empresa afirmou que recrutará 400 novas marcas estrangeiras para a campanha e estréia de 3,000 produtos a serem vendidos exclusivamente na plataforma.

        A percep??o dos consumidores gerados a partir da riqueza de dados gerados est?o dando uma m?o na incuba??o de itens procurados, enquanto as lojas virtuais est?o oferecendo conteúdos personalizado e promo??es de produtos com base nos perfis dos clientes.

        O patrocínio de novos grupos de consumidores está contribuindo para a nova vibra??o no mercado. Pela primeira vez, Alibaba realizou um evento inaugural em Harbin, província de Heilongjiang, para explorar o mercado consumidor das cidades menos influentes, mas em rápido desenvolvimento.

        Mais de 70 por cento dos novos consumidores ativos do Alibaba vieram de cidades de nível inferior no último trimestre, de acordo com os seus últimos resultados financeiros. Jiang disse que a previs?o é de que estes primeiros compradores gastem 2,000 yuans por ano através do site.

        A gigante de cosméticos, L'Oreal, também é considerada boa em fundir a personaliza??o do produto com primeiros compradores de cidades menores. No ano passado, um creme facial recentemente desenvolvido, seguindo a onda de análise de dados focando no que é chamado de grupo da "pequena jovem cidade", viu as vendas de 100,000 containers no primeiro dia de seu lan?amento.

        "Esta situa??o ganho-ganho nos permite lan?ar novas marcas e … conectar, inspirar e engajar-se com os consumidores", disse Fabrice Megarbane, presidente e CEO da L'Oreal China.

        Este grupo demográfico está pronto para ser o próximo bolso para o crescimento, gra?as à sua disponibilidade para compras on-line e capacidade de se envolver livremente em despesas discricionárias, de acordo com Wang Wei, um sócio sênior da McKinsey.

        "O grupo tende a valorizar o envolvimento social, que poderia vir na forma de programas de referência, endossos por influenciadores, bem como produtos de edi??o especial", disse ele.

        O festival n?o é mais uma ocasi?o para ca?adores de pechinchas buscando comprar itens, mas em vez disso é uma oportunidade de explorar e mergulhar em novas ofertas, afirmaram especialistas.

        "Durante o evento do ano passado, lan?amos uma receita especial de sorvete custando 66 yuans, e todas as 20,000 unidades foram adquiridas nas primeiras dez horas de vendas online", disse Lin Sheng, fundador e CEO da marca de sorvete Zhongxuegao. Isto mostra que os consumidores chineses est?o agora dispostos a pagar um prêmio por qualidade."

        JD, outra grande empresa de comércio eletr?nico, disse na semana passada que planeja alcan?ar mais de 500 milh?es de consumidores em cidades mais pobres e vender cerca de 1.2 bilh?es de produtos a um pre?o mais baixo e 200 milh?es de produtos customizados durante as compras do dia dos solteiros deste ano.

        à medida que as despesas online da China aumentam, grandes esperan?as s?o depositadas no setor em meio ao crescimento econ?mico global do país, que diminuiu para seis por cento no terceiro trimestre a partir de 6.4 no primeiro trimestre em termos do crescimento anual do PIB .

        As vendas online da China atingiram 7.3 trilh?es de yuans nos primeiros nove meses, até 16.8 por cento ao ano, mais do que o dobro do crescimento global de vendas de tijolo e argamassa e varejo on-line no mesmo período, segundo mostram os dados do Bir? Nacional de Estatística.

        "à medida que a internet das coisas e servi?os de comércio eletr?nico se desenvolve, o consumo online da China tem mantido continuamente uma alta taxa de crescimento", afirmou Du Xishuang, chefe do departamento de estatística de servi?os do NBS.

        (Web editor: Renato Lu, editor)

        0 comentários

        • Usuário:
        • Comentar:

        Wechat

        Conta oficial de Wechat da vers?o em português do Diário do Povo Online

        Mais lidos

        安卓手机棋牌官网